domingo, 26 de julho de 2009

A batyan era uma figura!

Minha tia me contou uma história, para que eu escrevesse aqui.
Segundo ela, toda vez que ia visitar a batyan, esta lhe pedia okane (dinheiro, em japonês), sei-lá-para-que.
Então, toda vez a tia lhe dava dinheiro, mesmo sem saber o motivo.
Certa vez, minha tia acabou não levando. E nem sei se na "grande" cidade de Guaravera existe banco para poder sacar, rsrsrs.
E, como de costume, a batyan fez a solicitação básica.
- Ih, desta vez não trouxe dinheiro...
Olha a resposta da batyan:
- Mas você tem cheque...
Hahahaha.
Abusada, não?

Nenhum comentário: