segunda-feira, 15 de junho de 2009

Histórias da Batyan - parte 2

A batyan sempre estava com frio.
Sempre vestia saia com camisa ou blusa. Mas sempre colocava uma calça por baixo da saia...rs. E o gorrinho básico.
Mesmo quando estava com calor, dificilmente usava manga curta.
E quando sentia muito frio, seu nariz começava a escorrer...
E ela dizia: "22 anos, não toma nem 'garaná'...". Ela queria dizer que se bebesse guaraná, ou qualquer líquido frio, seu nariz escorria, rs.
Achava engraçado quando íamos comer salgadinho ou bolacha (ou biscoito, se assim desejar, rs) perto da batyan.
Ela dizia: "Ah, vocês só comendo 'pacotinho'...não pode come 'pacotinho'..."
Em outra ocasião, ela estava dizendo que gostava de comer mamão.
Aí começou a contar sobre o 'mamonjin de pará'. Porque 'mamonjin de pará' era o mais gostoso, etc. e etc.
E nós pensando: "O que será esse tal de 'mamonjin de pará'??"
Um belo dia descobrimos que ela estava querendo dizer 'mamão papaya'. Demos muita risada...
No dia 10 de junho, se a batyan estivesse viva, completaria seus 99 anos!

Quem perdeu a primeira parte, clique aqui.

Nenhum comentário: