sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Rápidas

Imagine que existe uma pessoa que está bem triste.
Olhando para ela, percebe-se que está sofrendo e que estava chorando.
Agora, imagine uma outra pessoa chegando, que diz: "Olá fulana, tudo bem?"
Logo que diz isso, essa outra pessoa olha melhor para a fulana e diz: "Ai, que pergunta a minha! É claro que não tá tudo bem. Desculpe. Toma uma água que passa...". E sai de fininho...
É, presenciei uma cena assim hoje. Foi muito engraçado.
Ainda mais que a "outra pessoa" sempre faz dessas coisas, hehehehe.


-x-x-x-x-x-x-x-x

Estava tendo uma exposição de perfumes na empresa.
Eis que chegam dois colegas para a moça e o colega A diz: "Moça, homem bonito paga?"
Ela deu risada e o colega B fala: "Mas por que você está perguntando, a gente não se enquadra neste caso".
O colega A responde: "Ah, que é daí eu chamo meu amigo..."

-x-x-x-x-x-x-x-x

Minha amiga acabou de me contar um "causo". Esta é para encerrar bem a semana de trabalho.
Ontem ela perguntou para duas amigas delas: "Vocês são pessoas tão bem resolvidas etc. e etc. e estão solteiras por quê?"
Eis que uma responde: "Por opção".
Minha amiga pensando consigo: "Claro, eu já sabia" e diz: "Ah, eu tinha imaginado mesmo que vocês optaram por isso..."
E a outra responde: "Mas é por opção dos outros, não nossa!"
Hahahahahaha

Nenhum comentário: